O Pitágoras foi criado em 11 de abril de 1966, pelos professores Evando Neiva, Júlio Cabizuca e Walfrido dos Mares Guia, seguindo uma trajetória de vanguarda na área educacional, ao longo de 50 anos de sua existência.

A Fundação Pitágoras surgiu nessa trajetória em 11 de abril de 1999, como braço social da Kroton, uma das maiores organizações educacionais privadas do Brasil e do mundo, com o propósito de sistematizar ações de responsabilidade social que já eram desenvolvidas bem antes dessa data.

O foco da Fundação é contribuir para a melhoria da educação brasileira mediante a aplicação da metodologia avançada de gestão, chamada SGI (Sistema de Gestão Integrado).

A Fundação Pitágoras orienta a implantação do SGI na rede pública de ensino, apoiando tecnicamente suas lideranças e transferindo a metodologia. O resultado mais flagrante dessa implantação é um avanço significativo da aprendizagem dos alunos, principalmente nas suas habilidades de leitura, escrita, cálculo, expressão oral e solução de problemas.

Os custos de implantação do SGI são extremamente enxutos e os resultados, muito expressivos. Portanto, trata-se de uma metodologia social altamente eficaz e com grande escalabilidade.

 

Teacher Helping Pupils Studying At Desks In Classroom